VALORAÇÃO ECONÔMICA DE IMPACTOS AMBIENTAIS DA ENERGIA SOLAR FOTOVOLTAICA: UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Rafael Coelho Junqueira Universidade Federal de Minas Gerais
  • Wadaed Uturbey Universidade Federal de Minas Gerais

Palavras-chave:

Valoração Econômica de Impactos, Análise de Ciclo de Vida, Energia Solar Fotovoltaica

Resumo

Neste trabalho é realizada a valoração econômica dos impactos ambientais da cadeia de produção de um sistema solar fotovoltaico de 570 kWp, através de Avaliação de Ciclo de Vida (ACV) e o método econômico de restrição orçamentária. A energia fotovoltaica possui impactos leves em sua fase de instalação e operação, sendo a produção de seus componentes o estágio mais problemático. Através da ACV, foi considerada a cadeia de produção deste sistema, desde a extração do silício, passando por sua purificação, preparo dos componentes e instalação do sistema. As etapas de transporte também foram consideradas. Através do método de avaliação de impactos ambientais utilizado, o IMPACT2002+, os resultados são divididos em três áreas de proteção: saúde humana, ecossistema e recursos. O método de restrição orçamentária foi então utilizado para obtenção do valor econômico dos impactos. O sistema estudado, uma planta de 570 kWp, apresentou um valor de externalidades ambientais mais elevado que outras fontes de energia renovável, porém muito menor que fontes que utilizam combustíveis fósseis, e quatro vezes menor que o valor obtido para a matriz elétrica brasileira. Limitações são inerentes à análise, como o fato das bases de dados de inventário disponíveis não refletirem os processos mais atuais da indústria, o que pode levar a resultados de custos ambientais maiores do que são de fato.

Downloads

Publicado

2017-11-22

Edição

Seção

Artigos