ANÁLISE COMPARATIVA DA EFICIÊNCIA TÉRMICA DE COLETORES A, B E C COM PENETRAÇÃO DE ÁGUA

Autores

  • Elisiane Silvia Acácio de Paiva
  • Antonia Sonia Alves Cardoso Diniz
  • Lucas Paglioni Pataro Faria
  • Thiago de Almeida Silvério
  • Rafael Oliveira Barreto
  • Cristiana Brasil Maia

Palavras-chave:

Eficiência, Coletores solares planos, Infiltração de água.

Resumo

O Programa Brasileiro de Etiquetagem (PBE), coordenado pelo INMETRO, fornece informações sobre o desempenho e eficiência energética de diversos produtos, tais como refrigeradores, veículos e coletores solares. A grande maioria dos coletores solares testados pelo PBE é reprovado no ensaio de infiltração/condensação de água. Sabe-se que a presença de água no interior do coletor reduz a sua eficiência, uma vez que parte da radiação solar absorvida é perdida para aquecer a água infiltrada. No entanto, a determinação das perdas térmicas devido à infiltração ainda não foi quantificada ou medida. O objetivo do presente trabalho é avaliar experimentalmente a influência da infiltração de água na eficiência de coletores solares planos. Foram testados equipamentos de três classes de eficiência: A, B e C, com diferentes quantidades de água infiltrada. Para as amostras avaliadas, observou-se que a influência da quantidade de água infiltrada não é significativa. Portanto, este critério não deve ser usado para promover a reprovação dos coletores.

Downloads

Publicado

2018-02-17

Edição

Seção

Artigos