Comparação entre dois tipos de sistemas fotovoltaicos individuais para eletrificação rural

Autores

  • Marta Maria de Almeida Olivieri
  • Alex Artigiani Lima
  • Eduardo Luis de Paula Borges
  • Cláudio Monteiro de Carvalho

Palavras-chave:

Energia Solar, Sistema Fotovoltaico Domiciliar, Eletrificação Rural, Programa de Universalização.

Resumo

Este trabalho apresenta alguns resultados do Projeto Piloto de Xapuri no Acre onde foram instalados 103 sistemas fotovoltaicos domiciliares do tipo SIGFI13. Adicionalmente apresenta a comparação entre dois tipos de sistemas fotovoltaicos individuais capazes de atender aos requisitos de iluminação, comunicação e refrigeração estabelecidos pelo Ministério de Minas e Energia no âmbito do Programa de Universalização do Acesso e Uso da Energia Elétrica. São analisados pontos críticos destes sistemas a serem observados pelas concessionárias na implantação dos sistemas fotovoltaicos domiciliares em comunidades remotas. Os resultados do Projeto Xapuri demonstraram que a opção de atendimento por um sistema misto (corrente contínua e corrente alternada) seria a mais indicada por questões econômicas e de eficiência energética e daí, a proposta do SIGFI13 robusto. Entretanto, a regulamentação atual estabelece que o fornecimento da energia elétrica deva ser feito, exclusivamente, em corrente alternada. Assim, o SIGFI30 seria o menor sistema capaz de atender tanto ao Manual de Operacionalização do Programa quanto à Resolução Normativa ANEEL 083/2004.

Downloads

Publicado

2016-11-30

Edição

Seção

Artigos